Em 2011, os vinhos da Região Demarcada do Dão registaram um crescimento de 16% nas exportações, agora situadas em cerca de um terço da produção. Os vinhos tintos, a maioria, têm como principais mercados de destino externo países como o Canadá, Brasil, Estados Unidos (EUA), China e Angola.

Os dados foram revelados recentemente pela Comissão Vitivinícola Regional (CVR) do Dão, indiciando ainda que em termos de mercados externos, os vinhos brancos do Dão são maioritariamente exportados para os EUA, Brasil, Angola, Japão, China e Canadá.

Na “Declaração de Vindima 2011”, a CVR do Dão referiu também a quebra de 17% de produção em 2011 (comparativamente a 2010), justificada pelas condições climáticas verificadas nos meses de maio e junho do ano passado, em que várias vinhas da região foram afetadas pela podridão negra. Apesar disso, em 2011 a região produziu 292.319 hectolitros, 66% dos quais aptos para receberem a certificação de vinhos DOP Dão.


www.essenciadovinho.com